Desde 2010 o SEIMI oferece a seus clientes o Serviço de Medicina do Viajante (ou Serviço de orientação ao Viajante) para orientar quem se desloca para diversas áreas geográficas com diversas finalidades: turismo, intercâmbio cultural, negócios, ecoturismo, trabalho voluntário, pesquisas ou passeio em áreas remotas e exóticas, entre outras.

Nas orientações para viajantes se consideram medidas preventivas específicas como a vacinação contra agentes infecciosos e medidas inespecíficas, como o uso de repelente, protetor solar, consumo de água e alimentos, cuidados no caso de acidentes com animais e picada de insetos, orientações em áreas geográficas de grandes altitudes e outras medidas pessoais de proteção, como cuidados e exercícios a serem realizados em percursos prolongadas, importantes para tornar a viagem segura e agradável. As vacinas a serem utilizadas são indicadas de acordo com os locais a serem visitados, o tipo de viagem, de hospedagem e das atividades a serem desenvolvidas. A utilização das vacinas indicadas deve ocorrer no mínimo duas semanas antes da data programada para a viagem (tempo necessário para que o nível de anticorpos esteja adequado para a proteção, quando da chegada ao local de destino). Alguns viajantes, como grávidas, idosos, crianças pequenas ou portadores de doenças imunossupressoras têm condições de saúde que oferecem risco em situações potencialmente seguras para outras pessoas. Cada caso precisa ser avaliado de acordo com o viajante, seu destino e meio de locomoção, para prevenir surpresas desagradáveis que comprometam a viagem. Além disso, ao voltar de uma viagem, algumas vezes aparecem alguns sintomas que podem expressar sinais de doenças que não tiveram tempo de se manifestar durante o período da viagem e devem ser diagnosticadas e tratadas adequadamente o quanto antes.

Conheça mais sobre medicina do viajante. Viaje com segurança, tire suas dúvidas através do telefone 3352-8233. A equipe do SEIMI está preparada para prestar todas as orientações necessárias.