As vacinas são compostas por substâncias sensíveis, que podem ser prejudicadas se não forem conservadas em temperaturas específicas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde as vacinas precisam ser conservadas em temperaturas entre 2˚ e 8˚C. A exposição ao calor ou frio excessivo pode causar sérios danos, reduzindo a potência de uma vacina e diminuindo a chance de proteção de quem a recebeu. Quando a potência ou capacidade de ação de uma vacina é perdida, ela não pode mais ser restaurada, e perde completamente seu efeito.


Gráfico de temperatura


O sistema utilizado para manter e distribuir as vacinas dentro de temperaturas adequadas é chamado de rede de frio.

Uma rede de frio eficiente considera o transporte e a armazenagem das vacinas de forma apropriada desde o momento em que são produzidas até o momento em que são usadas. Um fator importante para a gestão da rede de frio é a presença de uma equipe treinada para monitorar estas etapas.

O método recomendado para verificar se as vacinas estão sendo bem conservadas é o monitoramento da temperatura pelo menos duas vezes por dia.  Em geral este controle pode ser realizado com um termômetro, e o registro irá traduzir a temperatura apenas dos dois momentos de leitura. Sistemas mais avançados podem ajudar a garantir que a temperatura apropriada é mantida ao longo de todo o dia, acompanhando constantemente perda ou ganho de calor.



Tela de monitoramento do Datalogger


O SEIMI possui um controle de qualidade rigoroso, contando com uma rede de frio que  registra as temperaturas durante 24 horas através do Datalogger. O sistema é automatizado, com dados que podem ser visualizados na tela de um computador, sendo monitorados por funcionários treinados. Este sistema é programado para disparar alarmes se a temperatura alcançar um valor de risco para a conservação das vacinas.  Os dados registrados pelo datalogger são armazenados para garantir uma gestão eficiente da rede de frio da clínica.


Para saber mais sobre Rede de Frio acesse:

CDC (Centers for Disease Control and Prevention)

OMS (Organização Mundial de Saúde)